Existem dias que parecemos irreconhecíveis, a força dos pensamentos leva a achar que somos chatos(as), nervosos(as), intolerantes e desamoroso(as), além de muitas atribuições que desacordam com quem realmente somos. Muitas vezes, os pensamentos nos convencem, e acabamos agindo como tais. Mas o que é isso? Será que todos passam por essa crise de identidade?
Veja se conhece uma pessoa assim: um dia você é considerado(a) muito importante para ela, mas na semana seguinte, ela passa na sua frente e nem cumprimenta. Pessoas entram e saem de nossas vidas, deixam rastros bons ou ruins, trazem segurança ou dúvida.
Como cristãos, carregamos a responsabilidade de, não só deixar o bom perfume de Deus no ar, mas transformar a vida do outro com o testemunho. Por mais que sua passagem seja pequena, aproveite para exalar o cheiro do Senhor.
Tudo bem que a ira faz parte da nossa vida, e muitas vezes somos pegos de surpresa por ela, isso não é pecado, com um alerta, claro: “Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira.” (Efésios 4.26) Já pensou que quando a ira é o sentimento predominante no momento, ainda assim, pessoas que chegam a você devem ser tratadas como Jesus as trataria. Mudança de humor, TPM (tensão pré-menstrual), tristeza, tudo isso é perigoso. Basta um só momento, e você pode deixar de mostrar que no seu coração mora o Salvador, aquele que cura, restaura, restitui e faz infinitamente além do que pensamos.
A mente é capaz de arruinar a paz interior e nos convencer que não precisamos dar testemunho de bênção o tempo todo, mas Deus nunca tira os olhos da gente, Ele está no mais profundo do nosso íntimo. Não há como escapar nenhum segundo, e cada pessoa que aparece em nossos caminhos, mesmo que de passagem, devemos encarar como uma oportunidade de compartilhar atitudes sábias, que só a presença do Espírito Santo de Deus em nós, permite vivenciarmos.
Cuide da sua mente, não deixe que ela o leve a caminhos contrários às pegadas de Jesus. Sentimentos vêm e passam, pessoas vêm e levam. Deixe que elas levem um pouco da sua alegria em ser filho de Deus. Não tenha temperamento duvidoso, seja constante no falar e no agir.


Renata Giori
Tecnologia do Blogger.

I Love Blogs

Seja Bem Vindo!

Total de visualizações de página

Assista

Participe

Blogs Parceiros



Fan Page

Receba novidades em seu email

Post mais lidos

Pense

"Geralmente aqueles que sabem pouco falam muito e aqueles que sabem muito falam pouco."

Seguidores

Pesquise no Blog