Olá meninas tudo bem!! Me perdoem se eu não tenho postado com tanta frequência aqui no blog, mas é garanto a vocês que meu sumiço é por uma boa causa.
Hoje gostaria de compartilhar com vocês um e-mail que recebi muito bacana e está para meditarmos sobre que tipo de mulher somos. Assim como me abençoou muito, venho compartilhar com vocês minhas leitoras queridas!!!
Um bom final de semana a todas!!!

Você pode ser uma mulher caprichosa e organizada. Como as que deixam a casa impecavelmente arrumada, a cozinha cuidadosamente limpa, roupas bem lavadas, macias e sem mancha, banheiro perfumado, quartos aconchegantes, etc.. É muito bom conviver com alguém assim. Aliás, a Bíblia conta a história de uma mulher com estas características.
Seu nome era Marta, irmã de Lázaro, aquele a quem Jesus ressuscitou depois de morto há quatro dias, e Maria, que se deliciava nos ensinamentos do Mestre. Eles moravam em Betânia e provavelmente Jesus pernoitava ali quando ia à Jerusalém. Como Marta era caprichosa e organizada, a casa estava sempre em ordem para receber Jesus. A cozinha sempre abastecida para servir-lhe algo. Marta amava muito a Jesus e expressava esse amor através do seu capricho e do seu serviço. Jesus podia hospedar-se em sua casa e ter acesso a todos os cômodos.
Diante de tanta organização, Marta pensou em fazer mais. Talvez aumentar o lanche ou melhorar o banquete. Chegou então ao limite para o excesso, trazendo consigo o cansaço, a fadiga e o estresse. Surgiu um problema. Marta então disse: – Preciso de ajuda! Jesus, peça que minha irmã me ajude! Jesus calmamente respondeu a Marta: - Marta, você está assoberbada, relaxe. Maria escolheu a boa parte. Não posso tirar isso dela.
O mais importante deste fato é que Marta fez o que era certo. Levou seu problema a Jesus. Todo e qualquer questionamento e tudo o que nos angustia deve passar por Jesus, para que recebamos a resposta dele, que é a resposta certa. Quando a resposta vem de Jesus não há briga no lar, nem rivalidade, nem discussão gratuita, nem gritos e palavras ofensivas.  Quem vai a Jesus não fica sem resposta!
Mais do que caprichar na arrumação da casa é preciso caprichar na arrumação da alma. Precisamos limpar as salas do nosso coração e deixar que Jesus visite todos os compartimentos. Ele precisa ter acesso à sala do perdão, ao quarto do amor, à área de serviço. Não pode ter o quarto da bagunça. Ser caprichosa e organizada é uma virtude, mas sem esquecer-se da casa espiritual.
Você também pode ser uma mulher insistente. A Bíblia conta a história de Ana. Ela insistia com Deus através da oração pedindo-lhe um filho. Insistência não é teimosia. Esta é ligada a satisfação do ego e do orgulho, para se sentir vencedor. Aquela visa alcançar objetivo saudável e determinado, lutar pelo alvo.
Ana era estéril. Era criticada pelas outras mulheres. Porém, era amada pelo marido que tentava suprir todas as suas necessidades, comparando-se com o amor de dez filhos. Ana não aceita este paliativo e insiste na oração e na vida consagrada para conseguir a bênção tão desejada.
Você é uma mulher insistente ou desiste facilmente achando que o destino conduzirá sua vida?

Ana insistiu com Deus em oração e gerou o filho que tanto desejava. Se você é uma mulher insistente também vai gerar as vitórias. É no útero da oração que Deus opera. É no útero da confiança e da consagração que os céus se abrem para nos abençoar.  O filho que Ana gerou foi devolvido a Deus e as bênçãos que você gerar também precisam ser remetidas a Deus para a glorificação do seu nome.
Que tipo de mulher você é?  Lembre-se que “A graça é enganosa e a vaidade é vã, mas a mulher que teme ao Senhor, essa será louvada”  (Prov. 31:30).
Tecnologia do Blogger.

I Love Blogs

Seja Bem Vindo!

Total de visualizações de página

Assista

Participe

Blogs Parceiros



Fan Page

Receba novidades em seu email

Post mais lidos

Pense

"Geralmente aqueles que sabem pouco falam muito e aqueles que sabem muito falam pouco."

Seguidores

Pesquise no Blog